Galafura

Este blog não consiste só em falar da Freguesia de Galafura, mas não podia deixar de referênciar a freguesia que amo muito e de onde sou natural. O nome do blog " Galafura" é por isso mesmo, pela naturalidade, pelos amigos, pelos sentimentos que me vão na alma, editarei aqui os meus pensamentos e sentimentos que nutro pela minha terra, pela minha família, pelos meus amigos, e pelo meu estado de espírito do meu dia-a-dia

sexta-feira, outubro 13, 2006

Desabafo

Durante a minha caminhada, tenho tentado viver e sobreviver aos vários ataques e desafios que me são imposto no percurso que tenho a percorrer.
Tenho sofrido muito no silêncio, mas no silêncio do meu sofrimento, sempre encontro luz, luz essa que me faz continuar a lutar pelos meus ideais.
Muitas vezes tento disfarçar a minha agonia, a minha dor por detrás de um sorriso. Será que não vêm que também sofro?
Será que por detrás do sorriso que manifesto, não notam que me dói a alma?
Muitas das vezes sou eu que me dou mais ao próximo que eles a mim. Penso se valerá mesmo a pena dedicar-me tanto assim. Mas a verdade é que me dedico assim de corpo e alma, amo sem ser amado.
Também preciso e necessito que olhem por mim, também preciso do ombro amigo pra desabafar, chorar, falar da minha vida, mas nem sempre encontro, apesar de eles estarem ao pé.
Será da distância que nos separa, que não se preocupam tanto comigo?
Será que não notam, que mesmo estando distante, continuo a precisar deles?
Hei, vós aí! Que vos dizeis meus amigos, que dizeis estar presente ao meu lado nos bons e maus momentos, olhem pra mim, orem por mim, chorem também as minhas lágrimas que tantas vezes me sufocam, hei vós aí, amigos meus, dêem-me a vossa mão e vosso ombro.
Também preciso do vosso sorriso, pra me alegrar a alma, da mesma forma que vos aconselho, também preciso de ouvir o que me tendes a dizer. Se parti para longe foi porque assim o permitistes e dissestes que nada mudaria entre nós, dissestes que continuaríamos a ser os amigos que fomos até então.
E somos?
Quero acreditar que sim, quer continuar a crer que nada mudou, embora ao longo deste tempo passado na vossa ausência muita coisa mudou, muitos foram os que se distanciaram mais do que a minha própria distância, nomeadamente aqueles que julgava serem meus amigos “bons amigos” fizeram questão de me desiludir muito e magoar de tal forma que ainda hoje residem em mim as marcas deixadas por essa desilusão. Amigos que deixaram de ser os melhores, com quem vivi momentos únicos, com que soltei mil e umas gargalhadas, com quem chorei nos momentos mais tristes, com que partilhei o meu ser, passaram a ser meros conhecidos. Sinto-me infeliz por isso, minha alma e meu peito doem.
A vida não é sempre um mar de rosas, e os espinhos ferem e fazem sangrar. Por vezes não são meros espinhos quem me fazem sangrar, mas sim, certas atitudes e certas acções, essas ferem mais que os próprios espinhos. Quando nos atiramos, a uma rosa sabemos bem que nos podemos magoar nos espinhos, mas na vida, quando nos dedicamos demasiado a algo ou alguém nem sempre sabemos se é ou não uma rosa com espinhos, e quando nos damos contas, o nosso coração sangra, de tristeza de mágoa de desespero.

16 Comments:

  • At 12:15 da manhã, Blogger Andante said…

    Então Zé?
    Tanto desalento, tanta tristeza, tanta amargura...
    Sabes que não estás sozinho.

    Gostei tanto de conhecer-te.
    Gostei tanto de te ver, na procissão, com os jovens Nahar.
    Gostei tanto de te ver na missa , ali ao nosso lado.
    Gostei tanto...
    E tu sabes isso.
    Ah! verdade! já saldaste as contas e resolveste os problemas como te sugeri na missa?
    Vá lá rapaz. Ânimo e coragem.
    Nós estamos aqui, rezamos contigo e por ti.
    NãO deixes esses olhos lindos caírem no desespero...
    Daqui, do Norte, estendo-te a minha mão amiga. Sente-a a dar-te a paz e o colo de que necessitas.
    Já sabes, quando voltares, tens uma casa que te acolhe e recebe de braços abertos.
    Não te deixes vencer...

    Umgrande abraço, do tamanho do mundo, e um beijo peregrino bem lá no fundo, onde mais te dói

     
  • At 8:39 da manhã, Anonymous Eremita said…

    Comprendo a tua dor caro amigo,mas temos que saber enfrentar os desafios da vida.Ainda és novo para sofreres assim,mas pela vida fora é assim que vai ser.Tens razão quanto às amizades,hoje já não são o que eram como antigamente,hoje as pessoas são mais desprendidas,indepedentes.
    Contudo ainda existem ombros amigos para os bons e maus momentos.
    Lembra-te que Jesus também estava rodeado de amigos,mas até aqueles que O amavam adormeceram ....
    Alegra-te caro amigo porque a vida é bela,e nunca te canses de amar.O amor nunca diz já basta!!!,mesmo que tenhamos desilusões batam á porta ,sempre em frente!!!!
    Aqui tens ombros amigos,sou um deles,tenho idade para ser tuda mãe,e quero que sejas e te sintas feliz com a vida que o Pai te ofertou.
    Vamos lá a sorrir !!!:):)

     
  • At 9:39 da manhã, Blogger zezezinho said…

    Querida Andante,
    Obrigado pelas tuas palavras são um alivio pra mim. Também gostei muito conhecer-te e gostei do dia que passei entre vós, estava mesmo a precisar de sair um pouco do ar que respiro por estes lados e do stress do dia-a-dia, foi muito bom ter estado presente naquela missa e entre o grupo Nahar.

    Obrigado Ermita, acho até que nem me devo queixar dos amigos que escolhi, pra mim são os melhores, mas por vezes sinto que estão ausentes, passo horas a olhar para o tlm á espera de um toque e um sms deles e tem dia que nada... não dizem mesmo nada, sei lá se calhar até impressão minha, mas já tive uma grande desilusão e não quero voltar a passar pelo mesmo.

    Obrigado pelas vossas palavras...

     
  • At 12:45 da tarde, Blogger joaquim said…

    "Mas a verdade é que me dedico assim de corpo e alma, amo sem ser amado."
    Tanta dor, tanta tristeza e tantos anos ainda para viver!!!
    Porque te dedicas "assim de corpo e alma" é que és muito amado, primeiro por Jesus Cristo, que tem no Seu coração de um modo muito especial aqueles que se entregam aos outros assim: Foi Ele quem o disse.
    Depois por todos aqueles a quem ajudas mas não to sabem demonstrar, depois ainda, por aqueles que navegando nestas águas, "ouvem" o teu "grito" e te dizem: "estou aqui, Zé, conta comigo."
    Vê nos que ajudas a presença de Jesus e assim não te incomodes se não te retribuem, ao menos um sorriso. Jesus fá-lo por eles e muito melhor.
    Não sei o que se passa contigo, mas digo-te que andei afastado da Fé mais de 25 anos,(sim tenho idade para ser teu pai, mas quero ser "apenas" amigo), e os meus amigos que tinha antes, e alguns considerava eu grandes amigos, afastaram-se de mim, porque, acho que o sei agora, a minha vida, que tento levar segundo a vontade de Deus, os "incomoda".
    Dá testemunho na tua vida da Fé que vives, sê coerente, ajuda sempre, porque esse é um dom que Deus te deu, e deixa que o Senhor faça o resto.
    Tu não estás só, acredita!!!
    Abraço forte em Cristo do
    Joaquim

     
  • At 3:36 da tarde, Blogger Rita Sousa said…

    Eu sei o que sentes... Eu sei o que é sentirmo-nos sozinhos sem ninguém ao nosso lado, desiludidos, desamparados... Mas também sei que vais ser forte ao ponto de saltar por cima de mais uma adversidade da vida... eu acredito que os teus amigos, os verdadeiros, gostam tanto de ti como tu deles... Não desanimes Jesus está contigo e vai ser sempre teu amigo. Sorri e enfrenta a vida com um sorriso nos lábios. Vais ver que tudo vai passar e tu vais ser muito feliz.

     
  • At 6:57 da tarde, Anonymous monge said…

    Rezarei por Ti. O Bom Pai te dê alento e felicidade na caminhada! Abraço.

     
  • At 8:27 da tarde, Blogger Andante said…

    Vê só Zé tanto mimo!
    Aproveita-o e volta a sorrir.
    Do outro lado da tela estamos nós e podes, sempre, contar connosco.

    Todos os dias venho visitar-te.
    Serve-te de alguma coisa=?

    Beijos peregrinos

     
  • At 11:38 da tarde, Blogger zezezinho said…

    Joaquim, obrigado pelas tuas palavras,mas sabes como é por vezes temos recaidas e pensamos que ninguém se lembra de nós.

    Rita, tenho sido muito forte, e em virtude dessa força tenho conseguido ultrapassar muitas aungustias e sofrimento.
    Sou um saudosista, vivo muito o ontem, procuro encontrar no " ontem" a alegria dos momentos passados pra continuar por este caminho fora.

    Meu caro Monge, desde já obrigado pela tua visita, e obrigado pelas tuas orações. Abraço em Cristo.

    Minha querida Andante, e sempre reconfortante ter-te desse lado da tela, é sempre bom podermos contar com alguém que mesmo estando longe tá bem perto.
    É claro que as Tuas visitas servem para alguma coisa.
    Obrigado.
    A esta hora já estou melhor, entrei de fim de semana, que bom esta semana foi esgotante.
    Beijos

     
  • At 11:17 da manhã, Blogger Migalhas said…

    Zé,
    estou aqui!!!!!!!
    Um abração

     
  • At 12:33 da tarde, Blogger Manuel said…

    Zé,

    Näo nos conhecemos, mas as emoçöes säo universais. Todos vivemos momentos assim e tenho a certeza que todos os que leram o teu texto acabaram por sentir que podia ser seu, num momento ou outro das suas vidas. Comigo também foi assim....
    Centra-te no que tens e näo nas ausências. Às vezes, olhando para o que nos falta, desvalorizamos as maravilhas que todos os dias väo acontecendo na nossa vida.
    Ânimo!

    Abraço

     
  • At 2:10 da tarde, Blogger nahar said…

    Ola meu irmão. Bem me parecia que andavas meio triste. Entao rapaz? Deita tudo para fora para assim puderes contornar e resolver as coisas. Quanto mais guardas a tristeza e a amargura mais elas tomam conta de ti e isso não queres.
    Se tiveres que chorar chora para depois, sim, rires com vontade.
    Lembra-te que tens um Deus que te ama e tens amigos que te amam.
    Força aí rapaz

    forte abraço meu irmao, rezo contigo e por ti

     
  • At 4:38 da tarde, Anonymous Laura said…

    eu tou aqui apesar de longe nao me esqueço nunca de ti...Nao nos conhecemos muito bem mas nunca me esqueço de ti fico triste quando venho aqui e nao tas para falarmos para me contares como andas....
    sei que essa tristeza dói mais que muitas outras mas tambem passa tenta dar mais valor aquilo que tens e nao áquilo que te deixou porque isso nao vale nada...beijo muito grande

     
  • At 8:15 da tarde, Blogger caminante said…

    Caro amigo, permíteme un breve comentario, por si te sirve.
    Seguro que tienes más amigos que los que parece.
    Siempre vale la pena dedicarse a los demás. Es lo mejor.
    Me permito indicarte un Amigo que no traiciona, que está siempre esperándonos, que nos ama: es Jesús en el sagario.
    Es cierto que necesitamos -¡¡¡tantas veces!!!- un hombro amigo en el que apoyar nuestra cabeza. Seguro que lo tienes.
    La vida, amigo mío, es más valle de lágrimas que camino de rosas. Pero vale la pena vivirla.
    Te invito a repasar mi Blog. Algunas cosas allí escritas creo que pueden servirte.
    Te invito a salir de tí mismo. Y serás feliz. Da a manos llenas, sin pasar recibo. Y serás feliz.
    Pides que recen por tí. Cuenta con ello desde ahora mismo.
    Creo que volveremos a vernos. Tienes mi correo en mi Blog.
    Un fortísimo abrazo.

     
  • At 9:17 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    A tua alma acaba de sentir o cansaço de tantos degraus que subiu nas escadas humanas o que te parece abandono não passa apenas de desnudamentos para que consigas finalmente libertar-te da sombra que deseja somente ocupar o teu espaço real.. vá, coragem..onde os homens falham o Pai não falha.. Não percas o melhor que existe em ti, a capacidade de te deixares abandonar no amor e no amar… tens um coração grande..
    É somente isso que o mal tenta apagar em ti, a capacidade enorme que tens em amar e a deixar-te amar…

     
  • At 8:24 da manhã, Anonymous susana said…

    olà zezinho!apòs ter lido isto tdo,fiquei triste e ao msm tempo contente por saber k existe alguém k pensa o msm k eu.quando a gente està longe dos amigos e das pessoas k mais amas compreende mta coisa e tbm aprende. Amigos cmo tu e como os de galafura ñ hà! bjs grandes da tua amiga "francesa"

     
  • At 3:22 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    QUE O SENHOR JESUS TE SUSTENTE E NAO
    TE DEIXE DESISTIR NUMCA!
    QUANDO SE SENTIR SOZINHO E TRISTE,LEMBRE-SE DE QUE ALGUEM É
    FELIZ PELO O SIMPLES FATO DE VOCE EXISTIR...
    ...UM ABRAÇO E FICA COM DEUS.

     

Enviar um comentário

<< Home